Governo estende prazo para governadores e prefeitos atualizarem dados sobre obras paradas

Foto: Divulgação

Disponibilização de recursos pelo Governo Federal depende de informações sobre o atual estágio de execução de cada empreendimento

Fonte: www.gov.br

O Governo Federal prorrogou até o dia 24 de abril o prazo para que governadores, prefeitos e gestores possam atualizar informações sobre obras paradas na plataforma “Mãos à Obra”. A atualização é imprescindível para que o governo possa disponibilizar os recursos necessários à finalização de cada obra.

Os empreendimentos inacabados que já tiveram seus dados atualizados na plataforma até a última segunda-feira (10), começarão a ser avaliados pelos técnicos do governo. O atendimento às demandas apresentadas pelos gestores locais considerará a ordem de envio das informações à plataforma “Mãos à Obra”.

A iniciativa prevê a retomada da execução de equipamentos sociais nas áreas de Saúde, Educação, Esporte, Cultura, além de unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida e outros projetos que integram a carteira do Ministério das Cidades.

Durante entrevista a uma rádio na manhã dessa quarta-feira (12), o ministro da Casa Civil, Rui Costa, reforçou a importância da atualização das informações. “Queremos reiterar nosso pedido para que prefeitos e prefeitas entrem no aplicativo e atualizem a situação da obra que está parada no seu município. Muitas são obras de creches, escolas, postos de saúde que não estão concluídas. Só na área de Educação, encontramos cerca de 4 mil obras paralisadas. Nós queremos saber a real situação porque essas obras entrarão no Programa de Investimentos, e nós queremos concluí-las o mais rápido possível”.

O endereço para acessar o Mãos à Obra é gov.br/casacivil.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários