Lula chama Michel Temer de golpista e sofre retaliação do ex-presidente

Brazilian President Michel Temer gestures during an Investment Forum in Sao Paulo, Brazil on May 30, 2017. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Em Nota à Imprensa o ex-presidente Michel Temer (MDB) diz que mesmo Luís Inácio Lula da Silva tendo vencido as eleições para cuidar do futuro do Brasil, o presidente parece insistir em manter os pés no palanque e os olhos no retrovisor.

Editado 071Notícias

Nesta quarta-feira (25/1), à fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que chamou o ex-presidente Michel Temer de “golpista” hoje em entrevista coletiva em Montevidéu, no Uruguai – atingiu em cheio Temer – que não deixou de manifestar a sua opinião.

Central de Política @centralpolitcs

Em nota à imprensa, Temer sugere que o chefe do Planalto continua em cima de um palanque e olhando os fatos com os olhos no retrovisor.

Brazilian President Michel Temer gestures during an Investment Forum in Sao Paulo, Brazil on May 30, 2017. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Lula disse que herdou um país “semidestruído”, e afirmou que viveu o melhor período na América do Sul em crescimento econômico e de emprego, mas que agora vivemos uma década diferente.

“Quando deixamos a presidência, o Brasil era a 6ª economia do mundo, voltamos agora e o Brasil é a 13º economia do mundo. Isso é um desafio que não me deixa triste, é um desafio que me dá otimismo, me dá coragem e me obriga a estabelecer metas” explicou.

Nota à Imprensa
Mesmo tendo vencido as eleições para cuidar do futuro do Brasil, o presidente Luís Inácio Lula da Silva parece insistir em manter os pés no palanque e os olhos no retrovisor, agora tentando reescrever a história por meio de narrativas ideológicas.
Ao contrário do que ele disse hoje em evento internacional, o país não foi vítima de golpe algum. Foi na verdade aplicada a pena prevista para quem infringe a Constituição.
E sobre ele ter dito que destruí as iniciativas petistas em apenas dois anos e meio de governo, é verdade: destruí um PIB negativo de 5% para positivo de 1,8%; inflação de dois dígitos para 2,75%; juros de 14,25 para 6,5%; queda do desemprego ao longo do tempo de 13% para 8% graças a reforma trabalhista; recuperação da Petrobras e demais estatais graças a Lei das Estatais; destruí a Bolsa de Valores que cresceu de 45 mil pontos para 85 mil pontos. Cometi a destruição de elevar o recorde na produção de grãos, nas exportações e na balança comercial. Como se vê, com a nossa chegada ao governo o Brasil não sofreu um golpe institucional, foi sim “vítima” de um Golpe de Sorte.
Recomendo ao presidente Lula que governe olhando para a frente, defendendo a verdade, praticando a harmonia e pregando a paz.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários