Marcos do Val diz que Bolsonaro tentou coagi-lo a dar golpe e anuncia afastamento do Senado

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado.

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) disse que pretende sair “definitivamente da política”.

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) afirmou nesta quinta-feira (2) que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tentou coagi-lo a dar um golpe de Estado. A declaração foi feita pelo senador durante uma live nas redes sociais. Segundo do Val, ele recusou e denunciou a proposta do ex-mandatário.

“Vocês esperem que vou soltar uma bomba. Sexta-feira vai sair na Veja a tentativa do Bolsonaro de me coagir para que eu pudesse dar um golpe de estado junto com ele, só para vocês terem ideia. E é lógico que eu denunciei”, disse o parlamentar.

Nesta madrugada, Marcos do Val anunciou que pretende sair “definitivamente da política”. Em uma publicação em sua conta oficial no Instagram, ele afirmou que nos próximos dias deve pedir afastamento do Senado e voltar aos Estados Unidos. O parlamentar foi eleito em 2018 e tem mais quatro anos de mandato.

Ele justificou a decisão citando motivos pessoais e de saúde, como um “princípio de infarto”. Além disso, Marcos do Val afirmou que “não adianta ser transparente, honesto e lutar por um Brasil melhor, sem os ataques e as ofensas que seguem da mesma forma”. “Nos próximos dias, darei entrada no pedido de afastamento do Senado e voltarei para a minha carreira nos EUA”, disse.

Após a derrota de Rogério Marinho (PL-RN) na disputa pela presidência do Senado, Marcos do Val foi acusado, com outros senadores, nas redes sociais de “traidor”. O senador declarou apoio a Marinho.

Vídeos do parlamentar cumprimentando o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), viralizaram. Marcos do Val ressaltou que o gesto demonstra civilidade e educação. “As ofensas que tenho vivenciado, estão sendo muito pesadas para a minha família”, disse.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários