PF pede que STF investigue dinheiro encontrado na casa de Daniel Silveira

(crédito: Elaine Menke/Câmara do Deputados)

Atualmente, o ex-deputado deve quase 4,5 milhões em multas à Corte. As penalidades foram impostas pelo descumprimento de medidas cautelares impostas pelo Supremo, como o uso de tornozeleira eletrônica

Fonte: www.correiobraziliense.com.br

A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de um inquérito para investigar a origem de mais de R$ 260 mil apreendidos na casa do ex-deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) e de quatro veículos encontrados no local. Silveira voltou a ser preso no início do mês, em Petrópolis, na região Serrana do Rio de Janeiro, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF. A prisão preventiva foi decretada por descumprimento de medidas cautelares definidas pelo tribunal – como o uso de tornozeleira eletrônica e a proibição de usar redes sociais.

A TV Globo apurou que a mochila com a maior parte do dinheiro estava em um dos veículos apreendidos. A PF não encontrou registro de um dos carros na base de dados disponível. Aos policiais, Silveira alegou que os veículos ainda estavam em processo de transferência e que o dinheiro eram saques em espécie de valores da sua conta pagamento.

Atualmente, o ex-deputado deve quase R$ 4,5 milhões em multas à Corte. As penalidades foram impostas pelo descumprimento de medidas cautelares impostas pelo Supremo, como o uso de tornozeleira eletrônica. O pedido de investigação da PF está sob sigilo no STF e será analisado por Moraes. Uma das primeiras medidas solicitadas pela PF é o levantamento patrimonial de Silveira.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários