Lula sinaliza resistência a afastamento neste momento de ministro das Comunicações

Segundo aliados do presidente, o petista tem defendido que Juscelino Filho se defenda publicamente e demonstre resultados na pasta na tentativa de arrefecer críticas

Fonte: www.cnnbrasil.com.br

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem sinalizado resistência a um afastamento neste momento, com dois meses de governo, do ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Em conversas reservadas, segundo relatos feitos à CNN, o petista tem reafirmado que o ministro deve se defender publicamente das denúncias contra ele e demonstrar resultados em sua pasta, o que poderia arrefecer a pressão pela sua saída.

A avaliação no Palácio do Planalto é de que um afastamento de um ministro neste início do governo pode criar uma crise política desnecessária, ainda mais junto à Câmara dos Deputados.

Juscelino é considerado da tropa de choque do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), que tentou emplacar inicialmente o deputado Federal Elmar Nascimento (União Brasil-BA).

O último, no entanto, foi vetado pelo presidente porque fez críticas a ele durante a campanha eleitoral.

A avaliação é também de que um afastamento de Juscelino pode criar um precedente perigoso para a saída de demais ministros, esses da cota pessoal de Lula, caso se envolvam em escândalos.

Um ministro lembra do caso da ministra do Turismo, Daniela Carneiro (União Brasil).

Criticada por uma eventual relação com milicianos, ela se explicou publicamente e se envolveu em ofensiva para baixar o preço da passagem aérea no país, o que a tirou do foco de críticas.

O presidente afirmou nesta quinta-feira (2) que irá conversar com o ministro das Comunicações sobre ele ter, supostamente, utilizado dias de viagem com deslocamento em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para compromissos com cavalos de raça.

O petista também ressaltou que tentou conversar com Filho sobre o assunto, pois ele está em viagem ao exterior.

Porém, solicitou conversa através de Rui Costa e, se Juscelino Filho não conseguir provar inocência, não continuará no governo.

Uma reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” revelou que três dos quatro dias de viagem com deslocamento com avião da FAB pelo ministro foram dedicados a compromissos com cavalos de raça.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários